Quanto ganha um engenheiro elétrico? Salário de engenharia elétrica

Selecionamos informações sobre a profissão de engenheiro elétrico, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com o Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.

R$ 6.459

Salário médio de engenheiro elétrico no Brasil

Rio de Janeiro (R$ 8.032)

Estado com maior salário médio

Engenheiro de Telecomunicacoes (R$ 9.110)

Especialidade com maior salário médio

Quanto ganha um engenheiro elétrico?

Está pensando em ser um engenheiro elétrico?

Encontre sua bolsa de estudo para economizar na mensalidade

Até quanto pode pagar?

O salário médio de um Engenheiro Elétrico no Brasil é de R$ 6.459.
Os estados onde a profissão de Engenheiro Elétrico têm os melhores salários são Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia.
As especialidades com os melhores salários são Engenheiro de Telecomunicacoes, Engenheiro de Redes de Comunicacao e Engenheiro Eletronico.
Essas informações são baseadas nas 3481 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

A carreira de engenheiro elétrico

O engenheiro elétrico realiza serviços elétricos, eletrônicos e de telecomunicações. Analisa propostas técnicas, instala, configura e inspeciona sistemas e equipamentos, executando testes e ensaios.

Este profissional projeta sistemas e equipamentos e elabora documentação técnica. Pode, também, coordenar empreendimentos e estudar processos elétricos, eletrônicos e de telecomunicações.

Engenharia Elétrica na prática

O engenheiro elétrico trabalha com vínculo empregatício ou como autônomo, normalmente em equipes com supervisão ocasional.

É requisitado em diversas áreas. Na indústria, atua na fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos e eletrônicos e de equipamentos de telecomunicação.

Já no setor de prestação de serviços, é encontrado na construção civil, em empresas de manutenção e em companhias de geração e distribuição de energia elétrica, água e gás.

Algumas atividades podem submeter este profissional a condições especiais de trabalho, como: grandes alturas, altas temperaturas, ruído intenso e exposição a material tóxico, radiação ou alta tensão.

Formação e experiência exigidas pelo mercado

Para exercer a função de engenheiro elétrico, é exigido curso superior completo em uma das seguintes áreas de Engenharia: Elétrica, Eletrônica ou de Telecomunicações.

É obrigatório, também, registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Saiba mais sobre “O que faz um engenheiro elétrico”.

Salário de um engenheiro elétrico por especialidade

Especialidade Salário Médio
Engenheiro de Telecomunicacoes R$ 9.110
Engenheiro de Redes de Comunicacao R$ 8.738
Engenheiro Eletronico R$ 7.941
Engenheiro Eletricista de Manutencao R$ 7.662
Engenheiro Eletronico de Manutencao R$ 7.591
Engenheiro eletricista de manutenção R$ 7.303
Engenheiro de telecomunicações R$ 7.291
Engenheiro Eletricista R$ 7.266
Engenheiro eletricista R$ 7.071
Engenheiro eletrônico de manutenção R$ 6.951
Engenheiro de Manutencao de Telecomunicacoes R$ 6.916
Engenheiro de redes de comunicação R$ 6.884
Engenheiro eletrônico de projetos R$ 6.783
Engenheiro de manutenção de telecomunicações R$ 6.614
Engenheiro Eletricista de Projetos R$ 6.583
Engenheiro eletrônico R$ 6.511
Engenheiro eletricista de projetos R$ 6.388
Engenheiro projetista de telecomunicações R$ 6.112
Engenheiro Projetista de Telecomunicacoes R$ 6.059
Engenheiro Eletronico de Projetos R$ 5.602
Tecnólogo em telecomunicações R$ 5.456
Tecnólogo em Telecomunicações R$ 4.731
Tecnólogo em eletricidade R$ 2.473
Tecnologo em Eletricidade R$ 2.304
Tecnologo em Eletronica R$ 2.174
Tecnólogo em eletrônica R$ 1.911
Dados retirados do CAGED em 2019